ABC FM | Multiplataforma

(16) 3761-9666
Imagem

Notícias

Cadê os 12 milhões que Batatais recebeu para o enfrentamento da COVID?

A Rádio ABC FM teve acesso exclusivo à documentos que mostram onde foram investidos parte dessa verba

Cadê os 12 milhões que Batatais recebeu para o enfrentamento da COVID?
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Neste final de semana, a equipe da Rádio Abc FM teve acesso ao documento emitido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que tratava sobre a prestação de contas da verba enviada para o nosso município para o enfrentamento da Covid-19.

Segundo uma fonte, que pediu para não ser identificada, Batatais realmente recebeu a quantia total de R$ 12.808.936,38.

Segundo informações apuradas, esse valor é o valor total enviado à Prefeitura Municipal, entretanto, para a saúde, exclusivamente, foi destinado pouco mais de 9 milhões de reais.

Desse valor foi pago o total de 9.200.248,71 até 31/12/2020, sendo, R$ 4.094.711,21 foram feitos na segunda quinzena de junho de 2020 à 6 entidades do terceiro setor de nossa cidade, sendo elas:

  • Abadef – valor repassado: R$ 60.795,00;
  • Adepab - valor repassado: R$ 35.000,00;
  • Comunidade Missionaria Divina Misericórdia, valor repassado: R$ 494.583,20;
  • APAE - valor repassado: R$ 85.050,00;
  • Espaço Cultural e Educacional Fernando Faro, valor repassado: R$ 15.000,00;
  • Santa Casa - valor repassado: R$ 3.404.283,01;
  • Totalizando o valor de R$ 4.094.711,21.

Além desses repasses no mês de dezembro foram feitos mais pagamentos à instituições, como: mais R$ 275.000,00 para Santa Casa de Misericórdia e mais R$ 15.000,00 ao Espaço Cultural, totalizando R$ 290.000,00 no mês de dezembro de 2020.

O Tribunal de contas concluiu, então, em primeiro de fevereiro desse ano, que a prestação de contas da verba covid na área da saúde foi usada corretamente, apenas com a ressalva de que as entidades do terceiro setor não disponibilizaram os repasses em seus sites e portais da transparência. O documento foi assinado pelo agente fiscal, senhor LUCIO ROBERTO SANTOS PACIFICO.

Ainda, além desses repasses, comprovados pelo TCE-SP, dos 9 milhões que vieram para a saúde, foi investido pela Secretaria Municipal de Saúde, da gestão anterior, ações, como: implantação de exames e centro covid. Segundo nossa fonte foi feito “tudo que se fazia necessário à época para o enfrentamento da covid”.

Ainda, segundo nossa fonte, somente na área da saúde foi deixado um saldo em caixa, para nova gestão, dessa verba COVID, de quase 3 milhões de reais que, inclusive, “foi recomendado usar esse recurso para pagamento dos leitos de UTI no Hospital de Batatais por mais 3 ou 4 meses”, ressaltou.

No último domingo, 23 de maio, o Chefe de Gabinete da Prefeitura de Batatais, Juninho Riul, informou a nossa reportagem que “na transição do governo de fato foi deixando em caixa 17 milhões de reais, porém existia uma dívida da Prefeitura de mais ou menos 83 milhões. A atual gestão já pagou quase 15 milhões”. Ainda, segundo Riul, também foram negociados valores mais em conta para a cidade junto à Santa Casa de Batatais em relação aos leitos. Segundo ele, o município pagava por leito de UTI um valor bem maior do que os valores pagos pelo estado em leitos Cross, ou seja, conseguiram negociar e abaixar o valor, hoje, segundo Riul, os valores são os mesmos que o estado paga.

No entanto, ainda não foi esclarecido sobre o uso dos quase 3 milhões da verba de enfrentamento da COVID no nosso município.

Comentários:

Veja também

Imagem

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )